Senadora Soraya Thronicke também teve celular clonado durante pandemia

Senadora Soraya Thronicke também teve celular clonado durante pandemia
Plenário do Senado Federal durante sessão deliberativa extraordinária. Em discurso, à tribuna, senadora Soraya Thronicke (PSL-MS). Foto: Roque de Sá/Agência Senado

A senadora Soraya Thronicke (PSL-MS) também teve o WhatsApp clonado durante a pandemia. Ela avisou seus seguidores ontem nas redes sociais.

Soraya não foi a única a ser vítima do golpe. Conforme noticiamos, pelo menos cinco senadores tiveram as contas no aplicativo clonadas. Entre eles, Marcelo Castro (MDB) e Eduardo Girão (Podemos).

A modalidade da fraude é aquela em que o bandido invade contas de aplicativos de mensagens do usuário e passa a pedir dinheiro para os contatos.

No Twitter, a senadora disse que fez o procedimento de dupla verificação da conta, mas teve o número clonado mesmo assim.

Isso já aconteceu antes no Senado, que recentemente trocou a operadora dos celulares corporativos dos parlamentares.

Leia mais: Um amigo aconselhou Bolsonaro a renunciar. O presidente resiste. E tem um plano para ir até o fim
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 3 comentários
TOPO