Senadores acreditam que governo será "massacrado" em votação na CCJ sobre decreto de armas

Igor Gadelha informa, na Crusoé, que a cúpula da CCJ do Senado prevê que o governo Bolsonaro será “massacrado” na votação do projeto para sustar o decreto do presidente — que flexibilizou as regras para a utilização de armas do país.

Pelas contas dos senadores, o colegiado deve aprovar a suspensão do decreto por larga margem na votação, prevista para esta quarta-feira, dia 12.

Leia na Crusoé:

Cúpula da CCJ no Senado prevê derrota do governo em votação sobre armas

Comentários

  • Laércio -

    Eu particularmente, Não pretendo ter uma arma. Porém me negar o direito de ter é me chamar de incapaz. Isso é manobra de governo bolivarianista. Engana os mais insensatos.

  • Almanakut -

    E Casa onde tem BANDIDOS, armas para conter ação de BANDIDOS agradaria?

  • Marcelo -

    Ele cumpriu o que proemteu, editou decreto facilitando porte de arma, a derrota nao é dele e sim do povo, masi uma vez o congresso joga contra o povo brasileiro, deveriam discutir com a sociedade.

Ler 101 comentários