Senadores querem protagonismo na discussão sobre armas

Após a revogação dos decretos das armas, senadores protocolaram três projetos de lei sobre o tema para tomar o protagonismo do debate.

Jorge Kajuru protocolou ontem um PL para modificar as regras relativas à posse de armas de fogo; a cúpula do PSL e o senador Fernando Bezerra são autores de outro, protocolado na terça, que dispõe sobre o registro, posse e comercialização de armas; e o último, também protocolado na terça, é de autoria de Marcos Rogério e define sobre a posse de arma na zona rural.

Os projetos podem se embaralhar com os novos decretos editados por Bolsonaro, que tratam sobre o mesmo tema e correm em regime de urgência.

No entanto, Marcos Rogério avalia que o Senado deve sustentar os projetos dos parlamentares por ter aprendido com o “erro do governo” de querer regulamentar sobre o tema por meio de decreto.

“[Os nossos projetos] Devem inviabilizar sim a tramitação dos decretos do governo. Basta a presidência dar celeridade na tramitação dos PLs, que tratam sobre o mesmo assunto e têm pontos muito parecidos. Os senadores rejeitaram os decretos das armas por entenderem que o Congresso deve legislar sobre o assunto. O governo colocou o tema na pauta com os decretos -é preciso reconhecer- mas agora cabe a nós legislarmos.”

Por que a Lava Jato deve seguir em frente. SAIBA MAIS AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Regildo disse:

    QXTpIGFxdWksIG51bmNhIG8gQ29uZ3Jlc3NvIHNlIGVtb2Npb25vdSBjb20gbyBwcm9ibGVtYSEgIEJhc3RhcmFtIGFzIGluaWNpYXRpdmFzIGRlIEJvbHNvbmFybyBwYXJhIHF1ZSBvIFNlbmFkbyBtb3N0cmFzc2UgaW50ZXJlc3NlIGVtIGRpc2N1dGlyIHNvYnJlIGFybWFzIQ==

    1. U+NvIGNodXBpbnMuICBJbnN0YWxhbS1zZSBubyBuaW5obyBhbGhlaW8uICBOYWRhIGNyaWFtLiAg

Ler comentários