Senadores querem que Moraes se declare suspeito em ação que pode beneficiar Alcolumbre-Maia

Senadores querem que Moraes se declare suspeito em ação que pode beneficiar Alcolumbre-Maia
Foto: Roque de Sá/Agência Senado

Ontem, noticiamos que os senadores Alessandro Vieira, Oriovisto Guimarães, Jorge Kajuru e Eduardo Girão enviaram um ofício a Davi Alcolumbre questionando a viagem — revelada pela CNN –, em avião da FAB, sem agenda pública e durante sessão do Congresso, para conversar com o ministro Alexandre de Moraes em São Paulo.

O Antagonista apurou que outro grupo de senadores, liderado por Lasier Martins, prepara um ofício para questionar a parcialidade de Alexandre de Moraes nessa ação. A intenção é fazer com que o ministro do STF se declare impedido.

O artigo 145 do Código de Processo Civil, que trata da suspeição de juízes, prevê como cenário passível de impedimento quando o magistrado “aconselha alguma das partes acerca do objeto da causa”.

O tema da reunião em São Paulo teria sido justamente a reeleição de Alcolumbre e Rodrigo Maia, que também participou do encontro não oficial. Uma ação do PTB no Supremo questiona a possibilidade de recondução de ambos para os comandos do Senado e da Câmara, respectivamente, na mesma legislatura – o que é vedado pelo regimento do Congresso e pela Constituição.

Vale lembrar que Alcolumbre, na busca por um aval jurídico ao seu projeto pessoal de poder, tem, nos bastidores, prometido continuar enterrando a CPI da Lava Toga caso fique mais dois anos à frente do Senado.

Leia mais: Diogo Mainardi: os mais recentes movimentos do super-Gilmar no STF para minar a Lava Jato
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 31 comentários
TOPO