"Será que ainda podemos ver na cadeia a quadrilha que assaltou o Postalis?"

A PGR criou uma força-tarefa para investigar o Postalis, fundo de pensão dos Correios.

De acordo com a portaria publicada no Diário Oficial de hoje, o grupo vai atuar, inicialmente, por um ano. O objetivo é apurar crimes contra o sistema financeiro e lavagem de dinheiro.

“Será que ainda podemos ter alguma esperança de ver na cadeia a quadrilha que assaltou o Postalis?”, perguntou em mensagem enviada a O Antagonista a presidente da Associação dos Profissionais dos Correios (ADCAP), Maria Inês Capelli Fulginiti.

O ATAQUE DO HACKER AO JORNALISMO INDEPENDENTE. Leia aqui

A força-tarefa, com três procuradores da República na coordenação dos trabalhos, é instaurada em meio ao debate sobre a privatização dos Correios.

Comentários

  • Katia -

    Presos, não sei não. Talvez consigam recuperar alguma grana. Ainda tenho esperança, apesar dos meus 74. E não sou aposentada pelos Correios .

  • EUCLIDES -

    Vai aqui um velho ditado do meu tempo (tenho 75 anos) Podem tirar o cavalinho da chuva, pois em minha opinião ninguém será preso, basta ver o que está acontecendo com a Lava Jato no Supremo?!

  • Carlos -

    Chola chola Márcia racista comunista mentirosa e sem vergonha na cara

Ler 49 comentários