Sérgio Cabral acumula mais de 170 anos de prisão

Sérgio Cabral foi condenado hoje a mais 47 anos e quatro meses de prisão pelo juiz Marcelo Bretas, registra O Globo.

Desta vez, a condenação foi por crimes de corrupção, formação de quadrilha e pertinência a organização criminosa em obras realizadas com recursos federais.

Outras sete pessoas foram condenadas no mesmo processo, entre elas dois ex-secretários de Cabral em sua gestão no Rio: o de Governo, Wilson Carlos (21 anos e 8 meses de reclusão), e o de Obras, Hudson Braga (10 anos).

Foi a maior pena de Cabral na Lava Jato –até ontem, a mais alta era a da Operação Calicute, em que o ex-governador foi condenado a 45 anos e dois meses de prisão. Somadas, as penas chegam a 170 anos e 4 meses.

 

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 33 comentários
  1. Dirceu condenado a 3a anos foi solto !! Adriana Ancelmo foi solta, …infelizmente o mesmo ocorrerá com Cabral hoje, mês que vem… mas será, graças o aparelhamento existente nos TJ, STF, STJ

    1. Pois é, Maria. O meu candidato é um ex-juiz, Wilson Witzel, que, “democraticamente”, não tem tempo de TV. Os mais cotados são Eduardo Paes, Romário e Garotinho. Quem você sugere?

    2. Maria, qdo era jovem não entendia esse comportamento deplorável. A maturidade me deu o conhecimento e visão ampla de tudo. Nossa degeneração GENÉTICA está em declínio perpétuo…

  2. Esse bandido tem que passar o resto da vida na cadeia! Ele e TODOS os outros traidores da pátria, responsáveis pela morte de milhões de brasileiros, nas estradas, hospitais, vitimas de assalto, etc