Sergio Moro é contratado por empresa americana de compliance

Sergio Moro é contratado por empresa americana de compliance
Foto: Adriano Machado/Crusoé

Sergio Moro vai ser sócio-diretor da Alvarez & Marsal, uma empresa multinacional de consultoria e compliance.

Ele disse para o Valor:

“No setor privado brasileiro, principalmente depois da Lava Jato, houve um despertar das empresas, do setor empresarial brasileiro, em relação à necessidade de imprimir políticas de integridade e de compliance. Isso também decorre de um movimento internacional em prol da integridade”.

Ele disse também que o contrato inclui uma cláusula prevendo que ele não atue em casos que possam gerar conflitos de interesse.

A Alvarez & Marsal, de fato, tem em sua carteira de clientes a Sete Brasil, a Odebrecht e a Queiroz Galvão:

“O papel da Alvarez & Marsal não é de atuar em defesa dessas empresas. É buscar o aprimoramento, a reestruturação, em alguns casos, ou, às vezes, como se diz aqui, a adoção de políticas efetivas de conformidade. A Lava Jato teve esse efeito colateral também positivo de não só gerar uma expectativa de mudança no setor público mas de ser um motivador do setor privado para despertá-lo quanto a uma necessidade para qual deveriam ter despertado mesmo sem a Lava Jato.”

Leia mais: A revista que fiscaliza TODOS os poderes e conta com os melhores colunistas do Brasil.
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 119 comentários
TOPO