Sergio Moro: “Ninguém se corrompe sozinho”

Não custa repetir que Sergio Moro também escreveu o seguinte na introdução ao livro “Operação Mãos Limpas”:

“Se o mercado disser não à propina, por ação individual ou coletiva, esquemas de corrupção sistêmica não têm como prosperar. Ninguém se corrompe sozinho”,