Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Serpro na mira de hackers

Serpro na mira de hackers
Foto: geralt/Pixabay

Após hackers conseguirem criptografar dados do STJ, a estatal Serpro (Serviço Federal de Processamento de Dados) também virou alvo de ataques virtuais.

Segundo a Folha, o Serpro teve um aumento de 60% nas tentativas de acesso a seus sistemas –2,3 mil por segundo.

A empresa presta serviço para diversos órgãos do governo e guarda dados do Ministério da Economia, incluindo informações da Receita, de transações de comércio exterior, notas fiscais eletrônicas, passaportes consulares e biometria de carteiras de trânsito.

Leia mais: STJ: os ministros e seus familiares abastados que advogam na corte
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO