ACESSE

Serviços móveis

Telegram

O Antagonista mostrou em 2016 que a Editora Gol, do laranja Jonas Suassuna, recebeu R$ 40 milhões da Movile por envio de SMS da chamada ‘Nuvem de Livros’.

A Movile começou em Campinas com ajuda do bilionário Jorge Paulo Lemann, o mesmo que acolheu na GP Investimentos, em 2003, Luciano Lewandowski, irmão do Ricardo.

Chamava-se originalmente Intraweb e saiu de dentro do Ciatec, uma espécie de polo de startups controlado pelo PT – sob a tutela de José Dirceu.

Em 2001, a empresa foi absorvida pela GoWap, com recursos da… Rio Bravo Investimentos, de Luciano Lewandowski.

Depois de uma série de fusões e trocas de nomes, passou a se chamar Movile, abriu seu capital para o grupo de mídia sul-africano Naspers e passou a focar em serviços móveis de países emergentes.

Em 2014, recebeu outro aporte de Lemann por meio da Innova Capital. Hoje, fatura R$ 1 bilhão.

Lula é 'o cara' da esquerda? Nada disso. Leia mais

Comentários

  • hilton -

    Quem são os atuais donos? E os laranjas envolvidos?

  • Volkischer -

    O Brasil caminha a passos rápidos para virar uma espécie de Colômbia da década de 80. Na década de 80, a Colômbia foi tomada pelo Crime Organizado. Pablo Escobar e o Cartel de Cali, ao lado de Paramilitares da Direita e organizações narco-terroristas de esquerda como as FARC, dominavam o País. O Brasil está indo pelo mesmo caminho. Balas perdidas, territórios dominados pelo Tráfico e por milícias, bandos explodidos , carros-fortes explodidos em várias cidades. Organizações Criminosas há aos montes, com várias siglas: PMDB PSDB PT PR PP PCdoB PDT PCC ADA FDN CV Há ainda as milícias. E mais: o Brasil já exporta expertise em corrupção e não explosão de cofres. PCC explode cofres no Paraguai. PT exporta corrupção para países africanos e da América Latina, por meio das empreiteiras brasileiras.

  • Suspeição -

    PARAFRASEANDO CAZUZA, MEUS INIMIGOS ESTÃO NO PODER.

Ler 47 comentários