ACESSE

Servidor da Receita no Amapá é alvo de operação contra desvios na pandemia

Telegram

A Polícia Federal apreendeu hoje R$ 33 mil na casa de um servidor da Receita em Macapá na Operação Olet, que apura desvio de recursos públicos no combate à pandemia da Covid-19.

As investigações apontam que o servidor, já afastado do cargo, recebia propina de R$ 10 mil por mês de empresário suspeito de superfaturar contratos para venda de máscaras e equipamentos de proteção para hospitais públicos no Amapá.

Numa operação paralela, a Virus Infectio, ligada ao mesmo caso, foi afastada servidora da Saúde também investigada por receber propina do empresário, para agilizar a liberação dos recursos dos contratos.

Leia também: EXCLUSIVO: MORO ATACA

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 8 comentários