Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Servidor diz que repassava parte do salário à mulher de Ciro Nogueira

Um servidor do gabinete do deputado distrital Cristiano Araújo (PSD) afirmou à PF, em depoimento, que repassava parte do salário à deputada federal Iracema Portella, informa o G1.

O caso veio à tona depois da operação de busca e apreensão na casa de Ciro Nogueira –senador, presidente do PP e marido de Iracema Portella.

O servidor Rogério Cavalheiro disse que o repasse tinha sido acertado “desde a oferta do cargo pela deputada Iracema”. Pelo combinado, ele ficava com R$ 4.000 mensais e entregava todo o restante à deputada do PP piauiense.

Cavalheiro disse desconhecer a ilegalidade da prática. A assessoria de Cristiano Araújo negou que ele tivesse conhecimento dos repasses. O G1 não conseguiu contato com Iracema.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO