Servidores, 'aposentadoria não é complementação de renda'

Durante evento da FGV, o presidente da comissão especial da reforma da Previdência, Marcelo Ramos, disse o que é certo: não faz o menor sentido servidor público ter aposentadoria especial.

“Não é possível que o servidor no auge da maturidade vá se aposentar. Se ele se aposentar com 48 anos ele vai parar de trabalhar? Não vai. Ele vai pra outro lugar. Aposentadoria não é complementação de renda, é renda mínima para quem perdeu a capacidade de trabalhar.”

Comentários

  • ROSÂNGELA -

    Existe uma gama de Servidores públicos que só servem pra dar prejuízo a nação com seus altos salários e privilégios. É a esses que a reforma tem que chegar.

  • Lara -

    E servidor público ainda atura mandos e desmandos de chefes nomeados por políticos. Comecem a se informar melhor, por favor, sobre os servidores.

  • Lara -

    Em sua maioria, servidor público não tem FGTS, não tem ticket restaurante, compra o café que toma no servico, tira do próprio bolso para trabalhar e fica com salário sem reajuste de inflação p

Ler 164 comentários