Servidores do TCU querem Natal milionário

O plenário do TCU derrubou ontem um pleito dos funcionários que custaria aos cofres públicos a bagatela de R$ 100 milhões de reais.

Eles alegam que tiveram perdas com a aplicação da Lei 10.356/2001 de 18 anos atrás e queriam a compensação. Cada servidor embolsaria cerca de R$ 100 mil.

Sensível à demanda interna, o ministro Raimundo Carreiro tem se movimentado para tentar reverter a decisão, usando sobras orçamentárias do tribunal.

Comentários

  • Paulo -

    É mais uma manifestação do câncer que tomou conta do país ....

  • Tuiuiú -

    Estão em outro país, em outro continente em outro planeta.

  • De -

    Não se trata de nenhuma benesse sem propósito, o que se está tentando fazer é corrigir uma injustiça de mais de uma década, que juridicamente possui respaldo no STF!

Ler 45 comentários