Shellbill, Shellbill, Shellbill

O Globo:

“O marqueteiro do PT João Santana omitiu de suas declarações de renda de 2010 a 2014 a participação em cinco empresas mantidas por ele no exterior, entre elas a Shellbill Finance S/A, offshore usada para receber US$ 7,5 milhões da Odebrecht e do representante de um fornecedor da Petrobras, Zwi Skornicki. A descoberta foi apontada em relatório da Receita Federal usado por investigadores na 23ª fase da Operação Lava-Jato, desencadeada nesta semana.”

Nas declarações retificadoras, como O Antagonista revelou no dia da Operação Acarajé, o Feira incluiu quatro, com exceção da Shellbill.

A chave do esquema é a Shellbill.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200