ACESSE

Silêncio na CNBB

Telegram

A CNBB, que recebeu Fernando Haddad para uma reunião na campanha do segundo turno, ainda não se manifestou sobre a vitória de Jair Bolsonaro.

Por enquanto, nem os bispos declaradamente petistas nem os que torciam pelo candidato do PSL deram declarações.

A derrota de Haddad “já era esperada” pela maioria dos bispos, disse a O Antagonista uma fonte eclesial.

Em novembro, haverá uma reunião do conselho permanente da conferência em Brasília e certamente algum documento deverá ser divulgado com menção ao resultado das eleições presidenciais.

“Mas a mensagem deve ser bem tranquila”, acrescenta a fonte.

Com a eleição de Bolsonaro, o velho sistema político acaba de ser posto abaixo. Entenda AQUI

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 70 comentários