Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Silva e Luna: "É preciso olhar o investidor, mas também o brasileiro"

Silva e Luna: “É preciso olhar o investidor, mas também o brasileiro”
Foto: Alan Santos/ PR

Indicado por Jair Bolsonaro para a presidência da Petrobras, o general Joaquim Silva e Luna afirmou neste sábado ao G1 que a empresa precisa “olhar o investidor, mas também o brasileiro“.

“São três aspectos na situação atual que precisam ser levados em conta: a valorização do petróleo e do dólar, o interesse do investidor, que está de olho no preço das ações, e também o interesse do país e do brasileiro que precisa se locomover e abastecer seu veículo.”

Afirmou ainda que seria “invasivo” e “ilegítimo” opinar agora sobre os rumos da Petrobras antes de seu nome ser aceito pelo conselho da empresa.

Leia mais: A prisão do deputado Daniel Silveira, que ofendeu ministros do STF num vídeo, é mais um capítulo da avacalhação da democracia brasileira.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO