ACESSE

“Sim, mas é petista”

Telegram

O ministro da Secretaria de Governo, general Luiz Eduardo Ramos, disse ao Estadão que condiciona nomeações políticas a alinhamento com o governo Jair Bolsonaro.

“O cargo é uma política republicana. Para que eu possa aplicar minhas políticas públicas, saneamento, escolas, o elemento que está lá tem de estar alinhado com o governo. E não adianta dizer ‘ministro, mas ele é funcionário de carreira’. Sim, mas é petista. Assim como tem funcionário de carreira de direita. Tem. Não é o ‘toma lá, da cá’. Eu preciso ter pessoas de minha confiança que vão fazer o que o governo central quer nesses cargos.”

VEM AÍ A PAUTA EXPLOSIVA DO STF. Saiba mais

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 52 comentários