Simone Tebet: imunidade parlamentar "não existe para acobertar crimes"

Simone Tebet: imunidade parlamentar “não existe para acobertar crimes”
Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

A senadora Simone Tebet (MDB), que ainda preside a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, divulgou nota dizendo que imunidade parlamentar “não existe para acobertar crimes”.

“Imunidade parlamentar existe para que possamos, com liberdade de expressão, gestos e palavras, defender a sociedade. Ela não existe para acobertar crimes cometidos por parlamentares.”

Ela acrescentou:

“O que vimos foram ataques à democracia, à Constituição Federal, ao STF, às liberdades, ameaça de morte e acusação sem provas. Tudo isso estimulando a violência contra as instituições, fechamento do STF e defesa do AI-5, que, em 1968, fechou o Congresso e deu ao Executivo duplo poder, de administrar e fazer leis. Resumo: ditadura.”

Leia mais: Enquanto Brasília faz tudo errado, a Crusoé continuará fazendo o certo: fiscalizando o poder.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO