A simpatia entre favelados e traficantes

Os moradores das favelas cariocas, em muitos casos, são cúmplices dos narcotraficantes.

O delegado Fernando Veloso disse para O Globo:

“Algumas têm tradições familiares que ligam o tráfico à favela. É o caso da Cidade de Deus. Nessas regiões, o trabalho de aproximação das forças de segurança fica difícil. Há quase uma simpatia entre moradores e traficantes. A Maré já é uma das mais instáveis. É um caldeirão que pode explodir a qualquer momento. Mas também há locais aparentemente tranquilos que não podem deixar de receber atenção, pois têm altos níveis de corrupção policial. Alguns contam com UPPs.”

Comentários

  • Michael -

    Cadeia nesses ratos todos já!

  • contribuinte -

    Fatos notórios.

  • José -

    Acredito. Também não deixa de ser uma espécie de propina o que os moradores dessas localidades ganham para se calarem e aceitarem passivamente esse estado pútrido em que vivem. Que moral eles têm para falar de políticos. Hipocrisia pura.

Ler 61 comentários