ACESSE

Sindicalistas de toga garantiram o aumento e agora querem manter auxílio-moradia

Telegram

Associações de juízes federais e procuradores, noticia o Valor, resistem a aceitar o fim do auxílio-moradia e devem pressionar o STF para que, se o tema for colocado em pauta, seja realizada discussão mais ampla, que se estenda a outros Poderes, em relação à extinção desse e de outros benefícios, conhecidos como “penduricalhos”.

O Antagonista lembra que Michel Temer ainda não decidiu se veta ou não o reajuste do Judiciário, com efeito cascata no funcionalismo.

A juíza que fez Lula gaguejar no banco dos réus. LEIA AQUI

Comentários

  • Marçal -

    Chegamos a este estágio justamente pelo excesso de salários e privilégios. Criamos uma casta jurídica que acha que devem receber isto tudo. BASTA.

  • Elisa -

    Brasil deixou de arrecadar R$ 354,7 bilhões com renúncia fiscal em 2017.. e o problema é o auxílio moradia dos juízes ou os salários dignos dos servidores públicos???

  • Jairo -

    Não esta satisfeito, pede para sair. o mundo todo e assim, um general 4 estrelas demora mais de 40 anos de serviço para ascender ao posto e ganha metade desses ministros, e serviço publico voluntar

Ler 68 comentários