Sindicatos em queda

Os pelegos vão desaparecer.

Segundo o IBGE, dos 91,4 mil trabalhadores que estavam ocupados no ano passado, 14,4% estavam sindicalizados.

“Foi a menor taxa da série histórica da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), iniciada em 2012, que subsidiou o levantamento”, diz o G1.

A grande imprensa está atrasada no episódio do convite de Bolsonaro a Moro... Imagine o que ela está deixando de revelar para VOCÊ LEIA AQUI

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Carlos disse:

    Sindicatos: Antro de desocupados que vivem às custas do trabalhador fingindo que defendem os interesses da categoria. Parasitas.

Ler comentários
  1. RENATO disse:

    Sindicato seria legal se realmente protegessem o trabalhador e nao usassem os mesmo como massa de manobra politica pra acharca empresario e ferrar com governos nao alinhados, tudo oque nunca fizeram

  2. Vinicius disse:

    Interessante, em um país de 210 milhões, só 91 mil trabalham, realmente somos ricos e não sabemos.

  3. Evandro disse:

    91.4 mil ou 91.4 milhoes? Cuidado ai gente

  4. Evandro disse:

    91,4 mil??? Não seria 91,4 milhões? Erros de ortografia e gramática e informações incorretas viraram lugar comum nos noticiosos. É pressa ou preguiça?

  5. Max disse:

    O dos Marítimos não oferece se quer um advogado. Aceitaram um dissidio de 0,9%. Mesmo com o setor dando um salto de 15% em relação ao ano passado em Manaus. Ou seja, a contribuição eles já rece

  6. FABIO disse:

    PÔ! 91,4 mil empregados no ano passado? Então qual foi o nível de desemprego? 99%?

  7. Eduardo disse:

    Denúncia: os sindicatos estão burlando a reforma trabalhista e cobram contribuição sem autorização dos trabalhadores. Bancário, vejam "contribuição negocial" no olherite de setembro!

    1. bancariosal.org.br/noticia/32446/sindicato-explica-a-contribuicao-negocial

    2. Não consigo colar, mas olhe no Google: a contribuição negocial corresponde a 1,5% do salário do bancário"

    3. Passa algum link desta informação. Vamos espalhar.

  8. GCChaves disse:

    O Bolsonaro ñ tem q ficar anunciando se vai cortar ou criar ministério daqui ou dali, quem vai ser ou não ministro. Pare de ficar dando munição pra bandido (imprensa) ficar atirando antes do temp

  9. José disse:

    Tóffoli, agradecendo o favor prestado? Contra os interesses do Brasil.

  10. Eduardo disse:

    Mentira!!!! Os sindicatos continuam cobrando "contribuições" sem autorização do trabalhador! Que for bancário, olhe seu holerite de setembro. Veja "contribuição negocial". Absurdo!!!

  11. João disse:

    Aqui no centro de São Bernardo do Campo está sobrando imóvel para aluguel. É só sindicato fechando as portas, que é muito bom!!!

  12. Trabalhador disse:

    Volta da Contribuição Sindical Obrigatória Já!

    1. Quer dizer: sindicalista...lamento informar, o futuro é um caixão!

  13. Luiz disse:

    Ainda é muito 14, 4%! Durante anos só encheram os bolsos de dinheiro e passaram rasteiras no trabalhador! Sanguessugas oficializados!

  14. Claudio disse:

    Que delícia... os sindicatos petistas acabando. Pelegada vagabunda perdendo a tetinha . Ganhando fortunas sem trabalhar... cambada de sem vergonha

  15. Karla disse:

    Corrijam aí, Antagonistas: são 91 MILHÕES.

  16. Eduardo disse:

    bancariosal.org.br/noticia/32446/sindicato-explica-a-contribuicao-negocial

    1. Quem for bancário, olhe, por favor, o seu holerite de setembro! Vai aparecer algo como "contribuição negocial", tanto do seu salário como da PLR. VAMOS DENUNCIAR!

    2. Denúncia: os sindicatos estão burlando a reforma trabalhista e continuam cobrando "contribuições" sem autorização dos trabalhadores! Olhem o link acima!!!!

  17. REVOLTADO disse:

    E aí veremos o tal Paulinho Sem Força!

  18. JOSE disse:

    Caindo os sindicatos pelegos, cairá a mamata da CUT e do PT. O Brasil precisa de sindicatos sérios e não de órgãos que só servem de cabide de empregos dos amigos do PT e seus aliados.

  19. EDSONCLAROMEDEIROS disse:

    Pra que tantos sindicatos cheios de PELEGOS que não trabalham? O BOLSONARO deve acabar com todos os Sindicatos para obrigar todos a trabalhar e não fciar atazanando o governo.

  20. Xavier disse:

    Tem que acabar com a CLT e virar contrato de trabalho!

  21. Lanterna disse:

    Mil ou milhões? A diferença é imperceptível, eu sei, mas convém corrigir.

  22. wanderlei disse:

    Já vão tarde, é uma escória que não serve para nada.

  23. Daisy disse:

    Mas alguns sindicatos se uniram a administradoras de Seguro Saúde num golpe contra os consumidores. O seguro é cancelado e o segurado só conta com alternativa SE migrar para sindicatos.

  24. antonio disse:

    KKK ótimo, os sindicatos se suicidaram há muito tempo atrás, agora só estão baixando à cova. Adoro quando cartórios começam a fechar, é sinal de progresso, para o desespero dos "cartorários

  25. Anay disse:

    Do jeito que estão, os sindicatos não passam de tentáculos dos partidos de esquerda. Quem sabe se a fonte secar eles passem a colocar o trabalhador em primeiro lugar.

  26. Kedma disse:

    Sindicatos tem que ser eliminados mesmo. Não contribuem em nada na vida do trabalhador brasileiro.

  27. Rui disse:

    Sem a mamata do imposto sindical, os sindicatos vão melhorar com certeza. É que vão ter que fazer alguma coisa, para conseguirem receitas...

  28. Heloisa disse:

    FORA todos os sindicatos pelegos, corruptos, ladrões! Os vagabundos terão que procurar trabalho pois o dinheiro fácil está acabando.

  29. Reinaldo disse:

    Fora cobrar e defender interesses próprios e comunistas, não vejo outra utilidade pra esses lixos

  30. Eduardo disse:

    Denúncia: os sindicatos estão burlando a reforma trabalhista. Bancários, olhem seus holerites de setembro! Vão ver dedução de "contribuição negocial". É o imposto sindical disfarçado!

  31. Eduardo disse:

    Essa notícia é lenda urbana! Analfabetos funcionais, vejam o link que passei mais abaixo! Os sindicatos continuam cobrando contribuições sem autorização! Quem for bancário, olhe o holerite de s

  32. Mariza disse:

    Não é fácil ganhar dinheiro sem se oferecer serviços de qualidade em troca, não é mesmo? Sem obrigatoriedade tudo muda de figura.

    1. Também acho. Os sindicatos terão que prestar serviços e defender os trabalhadores ao invés de simplesmente receber e usufruir das contribuições obrigatórias.