Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Slogan de Bolsonaro no PL ataca feministas e chama Ciro Gomes de "Zé Ruela"

Versão do funk "Baile de Favela" tocou repetidamente antes do início do ato de filiação do presidente da República ao Partido Liberal
Slogan de Bolsonaro no PL ataca feministas e chama Ciro Gomes de “Zé Ruela”
Reprodução

Mais cedo, no ato de filiação de Jair Bolsonaro ao PL, em Brasília, os convidados chegavam ao som de uma versão do funk “Baile de Favela” que ataca feministas, cita Jean Wyllys, Maria do Rosário, Jandira Feghali, Luciana Genro e Manuela D’Ávila.

A letra também chama Ciro Gomes de “Zé Ruela” e faz referência a Lula na cadeia.

A paródia foi criada ainda na campanha de 2018 por MC Reaça, que, segundo a polícia, se matou no ano seguinte em meio a investigações sobre um espancamento da namorada do cantor. Na época, a família Bolsonaro lamentou a morte do MC nas redes sociais.

Eis:

“Ele veio quente e hoje tá fervendo
Quer desafiar? Não tô entendendo
Para votar Bolsonaro minha mão já tá tremendo

Dou para CUT pão com mortadela
E pras feministas ração na tigela
As mina de direita são as top mais bela
Enquanto as de esquerda têm mais pelo que cadela

Bolsonaro salta de paraquedas
Bolsonaro, capitão da reserva
E o Bolsonaro casou com a cinderela
Enquanto o Jean Wyllys só tava vendo novela

Maria do Rosário não sabe lavar panela
Jandira Feghali nunca morou na favela
Luciana Genro apoia os sem terra
Mas não dá o endereço para invadirem a casa dela

Essa juventude só se degenera
Pega o Paulo Freire e manda pra estratosfera
Um Brasil pra frente é o que o povo espera
Vamos distribuir livro do Olavo pra galera

Ciro Gomes baita ‘Zé Ruela’
Lula preso dentro de uma cela
Paga de comuna e mente à vera
Mas vai pra Nova York
Quando pode a Manuela”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....