"Só ele e amigo de meu pai sabem", disse Marcelo Odebrecht sobre conta-corrente para Lula

“Só ele e amigo de meu pai sabem”, disse Marcelo Odebrecht sobre conta-corrente para Lula

Como mostramos mais cedo, Antonio Palocci confirmou em sua delação que Lula sabia que os R$ 4 milhões doados por Marcelo Odebrecht ao Instituto Lula, entre 2013 e 2014, seriam retirados da conta-corrente de propinas da construtora para o PT.

Na nova denúncia contra o ex-presidente, apresentada hoje pela Lava Jato, a força-tarefa apresenta um e-mail de Marcelo a Luiz Mameri, um executivo da Odebrecht, que comprovaria, na visão dos procuradores, que o ex-presidente tinha conhecimento dessa conta.

Em 2011, o empresário escreveu o seguinte:

“Qd mencionar ao amigo de BJ que o acerto do evento foi com Italiano/amigo de meu pai, e não com o PT, importante não mencionar nada sobre minha conta corrente com Italiano pois só ele e amigo de meu pai sabem.”

As investigações já apontaram que “Italiano” é Antonio Palocci e “amigo de meu pai” é Lula.

Leia mais: Exclusivo: segundo Marcelo Odebrecht, a empreiteira chegou a “pagar caro” a um escritório autorizado por Toffoli para “intermediar” a relação entre eles
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 29 comentários
TOPO