Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"Só Lira pode avaliar", diz Barros, sobre nova votação da PEC da Vingança

Líder do governo Bolsonaro na Câmara afirmou que a proposta, defendida por ele, voltará a ser debatida no Parlamento "oportunamente"
“Só Lira pode avaliar”, diz Barros, sobre nova votação da PEC da Vingança
Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

O líder do governo Bolsonaro na Câmara, deputado Ricardo Barros (foto), votou a favor da PEC da Vingança, na noite de ontem, para a surpresa de ninguém.

Como noticiamos, a proposta não alcançou o mínimo necessário de 308 votos.

Barros disse a O Antagonista que o Congresso terá de “voltar a enfrentar o tema oportunamente”.

“Os membros do Ministério Público sabem que é preciso um ajuste no seu compliance, mas não podem defender isso publicamente, o que é compreensível”, afirmou.

Perguntamos se ele acredita que há clima para uma tentativa de nova votação da proposta nos próximos dias ou ainda em 2021.

“Só Lira pode avaliar”, respondeu o líder do governo.

Arthur Lira não quer aceitar a derrota, mas deputados como Hildo Rocha (MDB) defendem que não é possível mais voltar a debater o assunto neste ano.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....