Só resta o impeachment

Os três petistas do Conselho de Ética, segundo o Painel da Folha, votarão na próxima terça a favor da abertura do processo de cassação de Eduardo Cunha.

Sem os votos do PSDB, apenas uma drástica mudança na popularidade do presidente da Câmara o permitirá sobreviver a uma votação aberta no plenário da casa.

Com isso, só resta a Cunha se alinhar aos interesses de dois terços da população e iniciar o processo de impeachment de Dilma.