Sobrou para a gente, óbvio

Sem investidores privados interessados em assumir o Parque Olímpico, na Barra da Tijuca, a prefeitura do Rio anunciou sua transferência para o governo federal.

Prepare o bolso: a manutenção das instalações está orçada em, pelo menos, R$ 35 milhões no ano que vem.

Faça o primeiro comentário