Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Sócio da Belcher admite que chegou ao Ministério da Saúde por meio de Ricardo Barros

Emanuel Catori afirmou que teve uma reunião com Barros em 15 de abril, mas negou que tivesse discutido a vacina da CanSino
Sócio da Belcher admite que chegou ao Ministério da Saúde por meio de Ricardo Barros
Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

O sócio da Belcher Emanuel Catori afirmou há pouco à CPI da Covid que conseguiu acesso ao Ministério da Saúde por intermédio do líder do governo, Ricardo Barros (PP-PR).

Ele confirmou que teve uma reunião com Barros em 15 de abril para discutir o fornecimento de medicamentos para o Ministério da Saúde. Catori, por sua vez, negou que tivesse aproveitado o encontro para falar sobre a vacina da CanSino.

“Em 15 de abril, eu participei de uma audiência no ministério [da Saúde] promovida pela Frente Parlamentar de Medicamentos, que é presidida pelo Deputado Ricardo Barros. Na reunião havia outras seis empresas, e não tratava de vacinas, muito menos da Convidecia”, disse.

“Em nenhum momento eu poderia falar sobre a CanSino porque ainda eu não estava autorizado a falar sobre a vacina. Legalmente, eu não poderia falar em nome da CanSino”, disse Catori

Mais notícias
TOPO