ACESSE

'Sofremos alguns reveses' no combate à corrupção, diz Moro

Telegram

Sergio Moro afirmou há pouco que o Brasil sofreu “alguns reveses” no combate à corrupção nos últimos anos.

Em live com empresários do grupo Lide do Ceará, o ex-ministro afirmou, no entanto, que a Lava Jato lançou “sementes”.

“Esta é uma história já conhecida. Há uma resistência a esse tipo de movimento [de combate à corrupção]. Sofremos alguns reveses em relação a essa pauta nos últimos tempos. No entanto, as sementes estão plantadas. A Lava Jato mostra que não estamos fadados à realidade da corrupção.”

Moro também afirmou que deixou o governo Jair Bolsonaro após entender que as pautas anticorrupção não seriam levadas à frente.

“Eu entrei no governo assumindo um compromisso de avançar com essas agendas anticrime, anticorrupção. Sinceramente, quando chegou o momento que entendi que ela não ia avançar, eu acabei –também por conta de outras divergências– me afastando do governo.”

E acrescentou:

“Tinha o dever de dizer a verdade quanto aos motivos da minha saída. Fui muito criticado, mas espero que as pessoas compreendam o meu compromisso com a verdade, que sempre tive. Estou tranquilo com a minha consciência com o que fiz e deixei de fazer.”

Leia mais: Como o cerco da PGR à Lava Jato beneficia petistas e tucanos

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 35 comentários