Solidariedade avalia expulsão de Marta Suplicy por apoio a Covas

A convenção do Solidariedade oficializou neste domingo a coligação com o ex-governador Márcio França, candidato do PSB à Prefeitura de São Paulo. No evento, líderes discutiram a possibilidade de expulsão de Marta Suplicy do partido em razão de seu apoio à reeleição de Bruno Covas, do PSDB.

“Logo após o pronunciamento dela na convenção tucana , o Conselho de Ética (do Solidariedade) recebeu de alguns filiados um pedido de expulsão dela”, afirmou ao Estadão Pedro Nepomuceno, presidente do diretório paulistano da sigla.

“Acho que ainda está no calor, mas vamos reunir a direção nacional ao longo da semana para discutir uma possível expulsão dela.”

Leia mais: Exclusivo: a máquina de lobby da Odebrecht teria sido usada, com a anuência de Toffoli, para ajudar na aprovação do nome dele para o Supremo
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 28 comentários
TOPO