As “soluções” camaradas da Infraero

Marx Rodrigues, atual diretor comercial da Infraero, era sócio da Empresa Brasileira de Soluções Aeroportuárias (EBSA) quando ela foi contratada pela estatal por R$ 8,6 milhões para a instalação de elevadores e escadas no aeroporto de Campina Grande, na Paraíba, informa a Coluna do Estadão.

Em 2008, Marx Rodrigues foi assessor parlamentar do então deputado e atual ministro do TCU Vital do Rêgo, cujo irmão e deputado Veneziano assinou a ordem de serviço da Infraero, em conjunto com o presidente da estatal, Antônio Claret, mesmo sem ter competência para rubricar o documento.

Veneziano Vital do Rêgo disse ao jornal que “é obvio” que “não tem atribuição” e que só o fez a “convite do presidente da Infraero”. Ele não respondeu sobre sua relação com o diretor Marx Rodrigues.

A Infraero alegou que “desconhecia a informação” de que a EBSA teve como sócio o diretor Marx Rodrigues, que a contratação se deu após processo licitatório “amplamente divulgado” e que os políticos assinam “apenas como testemunhas”.

A Infraero é um escândalo, cheio de outros escândalos.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 24 comentários
  1. É revoltante ver todos os dias as mesmas histórias de desmandos, corrupção deslavada, roubos e gente desqualificada ocupando cargos regiamente remunerados.
    É revoltante ver a tabela de Imposto de Renda para assalariado, com a receita sendo um dragão com o trabalhador e fazendo vistas grossas para gente que triplica o patrimônio em 6 meses com dinheiro roubado do contribuinte.
    É revoltante ver que não existe justiça e nem ninguém capaz de estancar essa sangria deste país moribundo!
    É revoltante ouvir os Generais dizendo que as Instituições estão funcionando!
    É revoltante ver juízes soltando bandidos que roubaram zilhões todos os dias e não ter esparadrapo nos postos de saúde!
    É revoltante ouvir gente defendendo político que morreu enquanto crianças são assassinadas e todos se calam!

  2. E tem gente que briga quando se fala em privatizar as empresas estatais.
    Dizem: A Petrobrás é do Brasil, a Eletrobrás é do Brasil, a Infraero é Brasil e assim por diante.
    É do Brasil nada, nunca foi. O Brasileiro sempre pagou a conta isso sim!
    A Petrobrás, a Eletrobras, a Infraero, etc, etc são dos políticos que não trabalham e nos roubam.
    São empresas para pendurar seus apadrinhados e extorquir de forma criminosa o dinheiro que deveria ser aplicado no país!
    Tem que privatizar sim, e logo, pra ontem!
    É uma vergonha essa empresa sendo dilapidada por esses criminosos e ninguém faz nada!
    Depois vão dizer que as Estatais devem muito, que é complexo privatizar e outras desculpas injustificadas.
    Tem que privatizar e prender esses corruptos que são inescrupulosos e abusados com o nosso dinheiro

  3. Um bando de gente à toa vivendo às custas de quem trabalha.Recebendo sem fazer nada.

    Stuckert, o pai do fotógrafo de Lula, ganha nova CC do governo Temer, na Infraero
    Sem medo algum de ser feliz, Roberto Stuckert — pai de Ricardo Stuckert, o fotógrafo de Lula — é um dos 210 comissionados da Infraero que tiveram o contrato renovado neste mês por Antônio Claret, presidente da estatal pré-falimentar.http://polibiobraga.blogspot.com.br/2018/02/stuckert-o-pai-do-fotografo-de-lula.html
    Ele é CC, portanto cargo de confiança do governo – escolhido porque é de extrema confiança.
    O fotógrafo ingressou na empresa ainda no primeiro mandato de Lula e permanece por lá desde então.

  4. Um amigo petista arrependido, me disse o seguinte: isto chama-se suruba governamental; eu comia, mais não sabia que era maínha e eu dava, mas não sabia que era para o meu irmão, enfim, eu não sabia se eu era Pablo Vitar ou o Thammy Miranda (filha da Gretchem) o PT me confundiu, neste negócio de gênero.

  5. Esses casos são bons para que a população entenda o que são as empresas estatais. A imprensa noticia um escândalo na Petrobras aqui, outro na Caixa ali, no BB, na Infraero… alguns pensam que são casos isolados, mas é engano. Todas são corruptas, todas são cabides de empregos, todas são ralos de dinheiro público. E são CENTENAS delas, se somarmos estatais e autarquias. A maioria delas é desconhecida do grande público, mas todas fazem sangrar o dinheiro do povo. E tem gente que não gosta da ideia de privatizar (ou extinguir) toda essa tralha!

  6. Infraero não é reduto do Waldey da Costa Neto, aquele preso no Mensalão, aquele da ex mulher que denunciou barbaridades de roubalheiras, inclusive negociatas com diamantes em pagamento?

  7. “Haveremos de concordar que,apesar da lua,da chuva, do sol,da flora e da fauna,objetivamos oportunizar a viabilidade de um projeto revolucionário,inovador e arrojado,o qual-com licença da palavra- catapultaria a economia de nossa região.Resumindo,não esqueçam quanto eu fiz”.

  8. Incrível como ainda o sujeito continua na presidência da empresa com inúmeras denúncias de improbidade administrativa. Se tivesse vergonha na cara, já teria renunciado ao cargo. Cadeia nele e em seus asseclas.

  9. Só quem gostcha, adora e beija estes dois REGOS PARAIBANOS são o paraibanos! Paraibano tem uma tara inexplicável por REGO, pode ser REGO NOVO, REGO VELHO. REGO USADO, REGO CHEIROSINHO, REGO FEDIDO, REGO SUJO, REGO RASGADO, nunca tiram o REGO da BOCA!

  10. Sua defesa já alegou “insanidade mental” do Karl Marx tupiniquim:
    https://www.jusbrasil.com.br/diarios/documentos/319853105/andamento-do-processo-n-0000074-1120158150301-insanidade-mental-do-04-04-2016-do-tjpb?ref=topic_feed

  11. A Infraero é motivo de denúncias faz anos e anos, e não se vê nada acontecer.
    Talvez por isso esses corruptos continuam dilapidando o patrimônio do Estado.
    O STF é a mãe da Corrupção e ninguém com foro privilegiado sofre qualquer punição neste país!

  12. Vamos na fonte do problema. Politicos nas estatais. Proíbam politicos nas estatais e o nível de corrupção cairá em 99%. Podem prender quem quiser, se não mudar as regras os mecanismos de corrupção continuaram disponíveis para novos corruptos. As regras de licitação precisam mudar e serem supervisionadas.

    1. Vamos na fonte do problema: acabemos com os políticos. Legisladores escolhidos regionalmente por concursos e cidadão nas urnas para julga-los.

  13. Pior que as mutretas na Infraero é o cerceamento da liberdade de mercado. Depois de rejeitar CORRETAMENTE a compra da Estacio pela Kroton (representaria 23% de market share), não é possível que o CADE aprovará a absurda concentração representada pela compra da Fibria pela Suzano (50% de market share).
    Até os países importadores estão se manifestando contrários a esta inadmissível concentração.