STF anula grampos contra Demóstenes

A segunda turma do STF considerou inválidas as provas obtidas em gravações telefônicas envolvendo o ex-senador Demóstenes Torres nas Operações Vegas e Monte Carlo, que investigaram os negócios do bicheiro Carlinhos Cachoeira.

A decisão beneficia Demóstenes, mas não interfere na investigação da Saqueador.

Faça o primeiro comentário