Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

STF aprova lista com três mulheres para vaga de ministra substituta do TSE

Agora, cabe a Jair Bolsonaro escolher um dos nomes para integrar a corte pelos próximos dois anos
STF aprova lista com três mulheres para vaga de ministra substituta do TSE
Foto: Dorivan Marinho/SCO/STF

O STF aprovou hoje lista enviada pelo TSE com nomes para serem escolhidos para a vaga de ministro substituto da corte eleitoral. Três advogadas disputam a vaga: Marilda de Paula Silveira, Ângela Cignachi Baeta Neves e Maria Claudia Bucchianeri Pinheiro.

Agora, caberá a Jair Bolsonaro escolher uma delas.

Leia abaixo quantos votos cada uma recebeu — os ministros podem votar em mais de uma candidata:

  • Ângela Cignachi Baeta Neves: nove votos;
  • Marilda de Paula Silveira: oito votos;
  • Maria Claudia Bucchianeri Pinheiro: oito votos.
Leia também mais detalhes sobre as candidatas:

Marilda de Paula Silveira: é professora do IDP, escola de Gilmar Mendes. É doutora e mestre em Direito Administrativo. Disputou recentemente uma vaga titular em razão da aposentadoria do então ministro Tarcísio Vieira.

Ângela Cignachi Baeta Neves: é vice-presidente do Instituto Brasileiro de Direito Eleitoral e integrante da Comissão de Direito Eleitoral do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil.

Maria Claudia Bucchianeri Pinheiro: é presidente do Instituto de Direito Eleitoral do Distrito Federal e vice-presidente da Associação Brasileira de Liberdade Religiosa e Cidadania. Foi assessora dos ministros Celso de Mello e Ayres Britto no STF.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO