STF banca segurança de ex-ministros

Na execução orçamentária dos primeiros quatro meses do ano, o STF gastou quase R$ 7 milhões com vigilância ostensiva, o que inclui seguranças de ministros e ex-ministros do tribunal.

Sim, os ex-ministros do Supremo também têm direito à proteção.

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 7 comentários
  1. O que ja foi, ja foi! Já ganharam para trabalhar quando trabalharam.Por que temos que sustentar ex empregados? Imaginem se fosse assim nas empresas! Por que tem que ser assim com o país? Nao há como ir para frente, se continuarmos a bancar os empregados do passado! Absurdo!

  2. Tem alguém ai que sabe dizer quem é que banca mais estas mordomias???enquanto isso o cidadão de bem está jogado a sorte da bandidagem, da insegurança, do desarmamento… ACORDA POVO BRASILEIRO! O POVO NA RUA JAMAIS SERÁ VENCIDO!