ACESSE

STF decide hoje se Estado deve indenização a gays e trans

Telegram

O Supremo discute hoje se há omissão do Congresso em tipificar como crime ofensas e discriminações a gays e transexuais.

Caso os ministros entendam que sim, o PPS e ABGLT querem que as vítimas sejam indenizadas pelo Estado enquanto não for aprovada a criminalização.

Em 2015, por pressão da bancada evangélica, o Senado arquivou proposta apresentada em 2001 pelo PT na Câmara para criminalizar a homofobia.

Líderes religiosos temem ser punidos por pregarem que a homossexualidade é pecado.

O movimento LGBT, por sua vez, quer que discriminações tenham as mesmas penas do crime de racismo.

Existem “forças subterrâneas” dentro do Congresso que impedem que projetos importantes vão a voto. Acompanhe aqui!

Comentários

Os comentários estão desabilitados