STF deixa resultado para amanhã

Cármen Lúcia suspendeu a sessão destinada à continuidade do julgamento sobre a validade da homologação da delação da JBS e a relatoria de Edson Fachin.

O placar está 10 a 0 para manter Fachin na relatoria. Sobre a competência do relator para homologar o acordo, 9 a 1 — Gilmar Mendes abriu divergência.

Falta a própria presidente votar.

Os ministros ainda não chegaram a um acordo sobre até que ponto o plenário poderá revisar o acordo e os benefícios dos delatores no momento da sentença.

Sim, você achava que esse ponto já estava resolvido, mas não está.