ACESSE

STF discute suspensão de diretórios de partidos que não prestam contas

Telegram

O plenário do Supremo julga agora se o TSE pode suspender automaticamente o registro de diretórios estaduais e municipais partidários que não prestam contas à Justiça Eleitoral.

No início do mês, Gilmar Mendes votou a favor da suspensão, desde que seja garantido à legenda o direito ao contraditório e a ampla defesa no processo.

O "JEITINHO BRASILEIRO" DO STF. SAIBA MAIS AQUI

Comentários

  • Paulo -

    NAO E LEI, E POR QUE DIRETORIOS DE PARTIDOS QUE NAO PRESTAM CONTAS, AINDA ESTAO ABERTOS, COM,FINANCIAMENTO PUBLICO,TEMOS QUE REFUNDAR O BRASIL, EXTIRPAR ESSAS INSTITUIÇAOES QUE NAO CONTROLAM NADA,

  • José -

    Só os Diretórios??? Tem mais é que extinguir essas legendas de aluguel.

  • SemChanceDeDarCerto. -

    Acórdão acórdão acórdão.....Bozo aparelhando tudo para benefício próprio e massacrar os críticos e adversários.....

Ler 5 comentários