STF discutirá habeas corpus de Marco Aurélio a acusado de assassinato

Na volta do recesso, em 5 de fevereiro, a Primeira Turma do STF deve discutir o caso da missionária Dorothy Stang, assassinada no Pará em 2005.

Marco Aurélio Mello deu habeas corpus em liminar a Regivaldo Galvão, o “Taradão”, condenado em 2010 como mandante do crime. A Primeira Turma decidirá se confirma ou revoga a decisão.

Leia em Crusoé:

Na volta do recesso, Supremo tem encontro com Dorothy Stang

 

Mais lidas
  1. PDT acusa Bolsonaro de peculato por compra de leite condensado

  2. "A esquerda sabe a verdade"

  3. Justiça Federal suspende distribuição da vacina de Oxford em Manaus

  4. Sobra leite condensado, falta transparência do governo

  5. ENTREVISTA: Wilson Lima diz que Pazuello ajuda a 'agilizar demandas', mas que 'ainda falta oxigênio'

Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 65 comentários
TOPO