STF investiga Marun por fraudes sindicais

Carlos Marun passou a ser formalmente investigado por suspeita de corrupção, lavagem de dinheiro e associação criminosa no âmbito da Operação Registro Espúrio, que constatou fraudes nos registros sindicais no Ministério do Trabalho.

O inquérito sobre o ministro-chefe da Secretaria de Governo de Michel Temer é um dos três que Edson Fachin mandou abrir a pedido da PGR para dar continuidade às investigações.

Além de Marun, cinco deputados e dois senadores são alvos dos inquéritos, registra o Correio Braziliense. Em 27 de agosto, a PGR denunciou 26 pessoas por organização criminosa.

Comentários

  • Aureo -

    Pode dispensar a investigação e prender logo... 100% de acerto, sem medo de errar..

  • Aderval -

    Já nasceu o macho que vai acabar com a orgia (lembrar Jucá) dos sindicatos(17mil) ? Outra orgia é dos partidos (35), cadê o machão para acabar com esta putaria? Nem Marun e nem Paulinho foram presos

  • Carlos -

    De Sarney a Temer todos os presidentes foram sabidamente ladrões! O brasileiro nunca soube votar. E a Globo, UOL e Datafolha ainda insistem em perguntar se Lula deveria ser votado. São cúmplices!

Ler 14 comentários