STF julga em fevereiro validade da Operação Métis

Dias Toffoli pautou para 13 de fevereiro no plenário do STF o julgamento sobre a validade de uma investigação sobre policiais legislativos do Senado que estariam atrapalhando a Lava Jato.

Deflagrada em outubro de 2016, a Operação Métis prendeu 4 agentes que fariam o trabalho de contra-inteligência, por meio de varreduras em gabinetes e apartamentos funcionais para neutralizar escutas ambientais e interceptações telefônicas.

Entre os políticos protegidos estariam Collor, Gleisi Hoffmann, José Sarney e Edison Lobão.

Um dos policiais contesta a operação por ter sido autorizada pelo juiz Vallisney Souza Oliveira, da primeira instância da Justiça Federal em Brasília, sem poder para investigar políticos com foro. No julgamento, a PGR pede a manutenção dos documentos e provas apreendidos.

Até o general Hamilton Mourão já comentou a história do ex-motorista de Flávio Bolsonaro CONFIRA AGORA

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Romeu disse:

    E o conteúdo das maletas do Renan? Não é com elas que Renan controla o Senado, STF, STJ, TCU...????

Ler comentários
  1. Marco disse:

    Tudo gente boa; eles jamais fariam isso!!

  2. Indignado disse:

    Sempre a Gleisi e o Lobão metidos em sujeiradas...

  3. José disse:

    Se os policiais foram presos por que os políticos não foram?

  4. Paulo disse:

    Certamente vão condenar a lava jato, por ter incomodado os Agentes Legislativos. Atrapalhou o sossego deles !!!

  5. Antonio disse:

    Por acaso são as 12 malas TECNOLÓGICAS de escutas, gravações e embaralhamento de conversas que o Renan gravava todas as reuniões para montar os dossiês contra parlamentares e os togados?

  6. Angela disse:

    So gente boa! A depender do stf ja sabemos onde irá terminar " o julgamento da validade". Socorro Grande Moro, Socorro Presidente é preciso se fazer algo de sério nesse judiciário

  7. ALEXANDRE disse:

    Polícia do senado, da câmara??? Extinguir urgente!!! Polícia é a civil ou militar do estado e, chega!!!

  8. Maria disse:

    Nao é só esses que estão nas maletas de Renan! O mundo inteiro sabe disso! E os ministros também! Moro neles!

  9. Flávio disse:

    Não vai dar em nada. Extinção do STF já !

  10. Marco disse:

    Lobão perdeu o foro privilegiado e com ctza será PRESO ano que vem! Já a amante do Luladrao vai depender da PEC do fim do foro passar ano que vem pelo congresso, mas acho que passa sim

  11. Marcela disse:

    Vou cantar o resultado! Os policiais serão absolvidos! Agora julgar Renan , Collor, Barbalho e outros nelas!!!

  12. Joaquim disse:

    O problema é que o réunan tem boa parte dos canalhas de toga na palma da mão.

  13. Ryu disse:

    Se o policial contestou a investigação, pode ter certeza absoluta de que tem crime ai. Mas é claro que os bandidos togados do STF vão dar uma forcinha para os corruptos né......

  14. Vitória disse:

    A polícia do Renan Calheiros será julgada pelo STF? Não vão achar nada....tudo será considerado regular...STF e Renan a eterna troca de favores!

  15. Má. disse:

    Vamos ver se os magos negros sairão em triunfo dessa...

  16. Jose disse:

    Por que não estou surpreso com os nomes envolvidos???

  17. Luiz disse:

    Vão meter a Métis no arquivo! O que esperar desse STF?

    1. Ainda mais com Collor no meio da confusão. Esta fica por conta de MAM.