STF julga hoje Bolsonaro. Alvaro provoca

Telegram

A Primeira Turma do STF julgará logo mais se aceita denúncia contra Jair Bolsonaro pelo crime de racismo.

Alvaro Dias, candidato do Podemos ao Planalto, autor de um projeto de lei no Senado para impedir que réus no STF fiquem na linha sucessória da Presidência, disse há pouco em evento de campanha, segundo o Estadão:

“Quem é réu não pode figurar na lista sucessória para assumir eventualmente a Presidência da República.”

Ele acrescentou:

“Nós não estamos fulanizando, estamos defendendo uma tese. Temos que ser iguais perante a lei. Ninguém pode se sobrepor à lei vigente no País.”

Comentários

  • Zelia -

    Penso que Bolsonaro quis dizer que a Maria do Rosário é um "breve"contra o erotismo como se dizia antigamente da mulher sem encantos! Isso deve ter sido pior que xingar a mãe, daí a revolta.

  • Luiz -

    Cambada de sem vergonhas, ordinários, gente sem moral...Querem condenar o Bolsonaro, enquanto UM CONDENADO,ATRÁS DAS GRADES caga na cabeça do STE e do tal de STF. Querem destituir o Bolsonaro !

  • Aurélio -

    Tudo pronto pra condenar Bolsonaro. Vamos tocar fogo no país, antes aviso: tirem suas familias e dinheiro e fujam, o BR vai virar uma venezuela. Aviso dado.

Ler 13 comentários