STF julga pedido de deputado para se livrar de pena e ser diplomado

O STF analisa no momento pedido do deputado João Rodrigues (PSD-SC), que cumpre pena no semiaberto, para suspender sua condenação a 5 anos e 3 meses de prisão.

O parlamentar alega que os crimes, ligados a licitações em 1999, prescreveram e quer se livrar da pena para poder ser diplomado num novo mandato.

O Senado mandou uma "continha" extra de R$ 6 bi para você pagar. Quem vai defender VOCÊ?

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 22 comentários
  1. 11 Reis, o negócio é fazer dinheiro para a velhice. Deveria ter uma força superior que castigasse esses crápulas. Uma doença que os fizessem sofrer de tal forma que pagassem o mal.

  2. Homem de bem os crimes prescreveram a justiça contribuiu e claro que será solto, vagabundo é o cidadão do avião que disse ter vergonha do STF. O Lewando mandou prender, guardaram o indignado?