STF manda prender Acir Gurgacz

A Primeira Turma do STF negou recurso de Acir Gurgacz e determinou o imediato cumprimento da pena imposta ao senador pelo PDT em Rondônia, informa o G1.

Candidato ao governo de seu estado, Gurgacz foi condenado em fevereiro a 4 anos e 6 meses de prisão no regime semiaberto por crimes contra o sistema financeiro.

Segundo a PGR, entre 2003 e 2004, o senador teria obtido, mediante fraude, financiamento no Banco da Amazônia para renovar a frota de ônibus de sua empresa Eucatur. Do R$ 1,5 milhão liberado, Gurgacz foi acusado de se apropriar de R$ 525 mil.

Os ministros não decidiram sobre a manutenção do senador no cargo, mas o STF tem permitido a permanência de políticos em seus mandatos nas condenações ao semiaberto.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 19 comentários
  1. estranah esta condenação justo agora. Acir gugaz concorre ao governo do estado em rondonia e seu adversário é do PSDB. Estão quase empatados! Eu detesto o gugaz..Era omisso no senado.CALADO

  2. So neste Pais mesmo! O cara eh bandido, vai preso mas participa das decisões do País! Que vergonha! Isto eh democracia? Para mim eh cleptocracia misturada com sem vergonhice! As instituições acaba

  3. PDT é… Tiro Gomes, aquele CORONEL CANGACEIRO, RACISTA, que xinga seus oponentes de “fascista, nazista, vagabundo, filho da pu-ta…”, mas que se aliou ao PT e ao Partido Comunista da China!