STF mantém condenação de Acir Gurgacz

Telegram

O plenário do STF indeferiu o pedido de revisão criminal apresentado pelo Acir Gurgacz, senador pelo PDT de Rondônia, registra Fausto Macedo.

A decisão, na sessão plenária de ontem, mantém a execução da pena de quatro anos e seis meses de reclusão, em regime inicial semiaberto, imposta ao parlamentar pela Primeira Turma do Supremo.

Gurgacz foi condenado por ter obtido mediante fraude, segundo a PGR, financiamento no Banco da Amazônia para renovar a frota de ônibus de sua empresa Eucatur, apropriando-se de parte do dinheiro.

Comentários

  • Luciano -

    Dar voz a bandido não é uma boa política para a imprensa responsável. Logo vão publicar artigos escritos por Marcola e demais bandidos.

  • Luciano -

    Ou o Brasil muda esse STF ou o stf acaba com o Brasil.

  • Luis -

    Este cara condenado frequenta as sessões do senado. Legisla sobre várias coisas, aprova ou não o PGR. Uma vergonha. O quadro de um sistema político decadente e ckeptocrático

Ler 16 comentários