STF nega suspensão de pena de Acir

O plenário do STF negou pedido do senador Acir Gurgacz para suspender pena a que foi condenado por crimes contra o sistema financeiro.

Edson Fachin, relator do caso, discordou do pedido e disse que não foi demonstrado nenhum “desacerto” na fixação da pena.

O único ministro a divergir foi Ricardo Lewandowski, que afirmou que “milita em favor do condenado o benefício da dúvida”.

Gurgacz está preso na Papuda e pode trabalhar no Senado durante o dia.

O Senado mandou uma "continha" extra de R$ 6 bi para você pagar. Quem vai defender VOCÊ?

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Dirce disse:

    Levando "nosso dinheiro"Wski.... não está na hora de sumir não? Você.... já deu !!!!

Ler comentários
  1. edson disse:

    Lewandowski sempre olhando com carinho para os desonestos.

  2. José disse:

    Pelo menos o voto dele no aumento dos Juízes do STF, não livrou a cara dele.

  3. Marcelo disse:

    Lewandowski acaba de inventar um novo conceito jurídico: "militância do benefício da dúvida".

    1. Concordo com o Levando o Whisky: existe mesmo uma dúvida, se o cara é ladrão comum ou criminoso do colarinho branco...

  4. LUIZ disse:

    o "benefício da dúvida"a que alega o lewandowski foi bem remunerada com o voto desse criminoso pelo aumento dos salários do srf! essse ministro é suspeito até de ter nascido!!!!!!!

  5. MOACIR disse:

    Foi muito conveniente esse condenado, continuar atuando no senado, quando deveria estar atras das grades, ta difícil de entender essa "justiça" no Brasil.

  6. Lili disse:

    Como um presidiário pode trabalhar no Senado Federal de um país? É só no Brasil. É surreal.

  7. Nestor disse:

    Só no Brasil , essa república de bananas, que um político condenado ainda tem o direito de estar preso e trabalhar no senado recebendo salário, ficha limpa nada. É mais um tapa na cara do brasile

  8. Claudio disse:

    Esse Lewandowski é um sem vergonha mesmo, não esconde que a balança dele pende sempre pro lado da bandidagem.

  9. JOSE disse:

    Lewandowski, entrou pela porta dos fundos, através de uma conversa da mulher dele com a do lula-drão, compadre agora está pagando o agrado que recebeu.

  10. REVOLTADO disse:

    De nada adiantou o voto favorável ao aumento dos ministros do STF dado pelo Senador!

  11. GILMAR disse:

    Se fizer uma pesquisa de credibilidade desse pobre stf, ele perde pra Michel temer..

  12. Rufino disse:

    Gente ingrata , o Preso votou a favor do aumento dos senhores | Merecia o reconhecimento dos Ministros !

  13. Davi disse:

    Pô, mas este senador "presidiário" votou a favor do aumento para o STF e o plenário não retribuiu .... que ingratidão .... como diz FHC: Assim não pode, assim não dá ...... hahahahahaha ....

  14. Bruno disse:

    Preso na papuda e votando seu próprio aumento.

  15. Audrey disse:

    Inacreditável, preso e trabalhando no Senado só no Brasil mesmo. A Republica das Bananas....

  16. Alvaro disse:

    Não podemos esquecer que ele votou favoravelmente ao aumento do STF. Terá negociado isso com alguém que esqueceu de conversar com o Fachin?

  17. SPA disse:

    O trouxa votou pelo aumento dos " notaveis" . Ah , Ah, Ah, ... ,cobra comendo cobra .

  18. arnobioluiz@yahoo.co disse:

    O Pilantrowski SEMPRE SERÁ a favor dos bandidos! Porque não morre essa praga!