STF quebra sigilo de Gleisi

A Veja informa que Teori Zavascki determinou a quebra do sigilo telefônico de Gleisi Hoffmann, investigada pelo recebimento de meio milhão de reais em dinheiro vivo durante a campanha para o governo do Paraná, em 2014.

Gleisi é “Coxa” na lista da propina. O dinheiro é associado a um número telefônico de Bruno Martins Ferreira, ex-sócio da Sotaque Publicidade e Propaganda.

Faça o primeiro comentário