Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

STF quebrou sigilo da mãe de Salles antes da queda do ministro

Alexandre de Moraes ordenou quebra de sigilos da advogada Diva Carvalho; relatório do Coaf em poder da PF registrou movimentação financeira atípica entre escritório e conta da mãe do ex-ministro
STF quebrou sigilo da mãe de Salles antes da queda do ministro
Foto: Adriano Machado/Crusoé

O inesperado pedido de demissão de Ricardo Salles do Ministério do Meio Ambiente, nesta quarta-feira, 23, foi precedido por uma decisão que causou enorme preocupação ao agora ex-ministro, informa Fabio Leite na Crusoé.

Antes da queda de Salles, Alexandre de Moraes determinou a quebra dos sigilos bancário e fiscal da mãe dele, a advogada Diva Carvalho, e do escritório de advocacia que os dois têm em sociedade em São Paulo.

A pedido da PF, o ministro do STF decidiu em 15 de junho estender a quebra de sigilo antes restrita às contas bancárias de Salles depois que a instituição juntou extratos do Coaf mostrando movimentações financeiras atípicas do escritório de advocacia para a conta da mãe do agora ex-ministro.

Ao todo, de janeiro de 2012 a junho de 2020, R$ 3 milhões saíram da banca para a conta de Diva Carvalho, de acordo com o relatório de inteligência financeira.

LEIA AQUI a íntegra da reportagem; assine a Crusoé e apoie o jornalismo independente.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO