STF suspende liminar que permitia retirada de pedidos em restaurantes de SP

O Supremo Tribunal Federal suspendeu a liminar que permitia a retirada de pedidos por clientes em bares e restaurantes do estado de São Paulo. 

A decisão do Supremo atendeu a um pedido da Procuradoria Geral do Estado.

Na sexta-feira, o Tribunal de Justiça de São Paulo havia autorizado que esses estabelecimentos funcionassem por meio do sistema “take away”. 

Com a decisão do STF, volta a valer a determinação do governo do estado que permite a restaurantes e bares a venda apenas por meio de entrega ou drive-thru.

Leia mais: A prisão do deputado Daniel Silveira, que ofendeu ministros do STF num vídeo, é mais um capítulo da avacalhação da democracia brasileira.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO