ACESSE

STF vai se arrepender de decisão, diz Gilmar

Telegram

Voto vencido nas discussões sobre a restrição do foro privilegiado, Gilmar Mendes disse em entrevista à rádio Gaúcha que “em pouco tempo nós [o STF] vamos estar muito arrependidos de termos feito essa mudança”.

“Quem vendeu a ideia de que o grande problema da Justiça Federal brasileira na verdade está no foro por prerrogativa de função é um irresponsável e vai pagar um preço enorme por isso.”

O ministro do STF acrescentou que, na sua opinião, o foro deveria ser mantido para situações específicas. “Se se quer fazer isso [a restrição], que não se faça em nome do combate à impunidade. Eu conheço a Justiça criminal no Brasil e para ficar ruim ela tem que melhorar muitíssimo.”

No entanto, Gilmar defendeu que, “se a tese é essa, de acabar com o foro privilegiado”, ela tem de ser adotada “de maneira radical”, tirando também o foro de juízes e promotores.

Comentários

  • ricardo -

    o Sr. "SoltaTudo" tem razão..., a justiça no Brasil é um caso de polícia..., ainda bem que ele é jornalista e não ocupa um cargo nesse o Poder Supremo e assim, pode falar livremente, né...?

  • Cristiano -

    Gimarzinho é cupincha de bandido.

  • Afffff -

    Fim do foro privilegiado + prisão em segunda instância = menos oportunidades para certos ministros supremos receberem "contribuições" de políticos corruptos. Simples assim.

Ler 117 comentários