STJ aceita denúncia, e Witzel vira réu por corrupção e lavagem de dinheiro

STJ aceita denúncia, e Witzel vira réu por corrupção e lavagem de dinheiro
Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

A Corte Especial do STJ decidiu aceitar nesta quinta-feira, 11, a denúncia apresentada pelo MPF contra Wilson Witzel, governador afastado do Rio, na esteira da Operação Tris in Idem.

Com o resultado, Witzel, ex-juiz, foi colocado no banco dos réus por corrupção ativa, passiva e lavagem de dinheiro.

Na mesma sessão, os ministros do STJ ainda vão decidir sobre a renovação de seu afastamento do cargo, que se encerra no fim deste mês.

Witzel também está afastado do cargo por determinação do Tribunal Especial Misto que conduz o seu processo de impeachment no Rio.

Leia mais: Enquanto Brasília faz tudo errado, a Crusoé continuará fazendo o certo: fiscalizando o poder.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO